AÇÚCAR & ETANOL
Leonel Oliveira Mattos

Leonel Oliveira Mattos

Analista de Câmbio da Equipe de Inteligência de Mercado da StoneX. Formado em Ciências Econômicas pela Unicamp, Leonel é mestre em Desenvolvimento Econômico pela mesma instituição.
Este texto teve a colaboração de Isabela Garcia.

O que é taxa de câmbio e como ela funciona?

O que é a taxa de câmbio?

A taxa de câmbio é o preço (valor) combinado pela moeda estrangeira em uma operação de câmbio, ou seja, é uma relação de preços (valores) entre duas moedas. Assim, o mercado de câmbio é o mercado de compra e venda de moedas estrangeiras.

Por exemplo:

  • US$ 1 = R$ 5,1533 (dólar ⇔ real)
  • € 1 = R$ 5,1152(euro ⇔ real)
  • € 1 = US$ 0,9926(euro ⇔ dólar)
  • US$ 1 = COP 4457,95 (dólar ⇔ pesos colombianos)
  • ¥ 1 = US$ 0,007112881 (iene ⇔ dólar)

 

Para facilidade de entendimento, vamos usar apenas o exemplo do dólar ⇔ real (USDBRL).

Este preço é livre, ou seja, ele é combinado livremente entre as pessoas que compram e vendem moeda, normalmente com a ajuda de instituições autorizadas pelo Banco Central, como bancos múltiplos, corretoras de câmbio, agências de turismo e instituições de pagamento. Cada agente que quer realizar uma operação de câmbio negocia diretamente com a sua instituição o valor pela compra ou venda do dólar e, se estiver satisfeito, realiza a operação.

Como se define o valor do câmbio?

Como se determina essa taxa de câmbio, então? Ou seja, quais fatores explicam um aumento ou uma queda desse preço?

O principal elemento que explica as variações na taxa de câmbio são um maior predomínio de operações de Oferta (venda) de divisas ou de Demanda (compra) de divisas no mercado de câmbio. Quer dizer, quando agentes realizam uma transação econômica que resulta na obtenção de moedas estrangeiras, eles precisam trocá-las (venda / Oferta) por reais. E quando agentes precisam de moedas estrangeiras para completar uma transação econômica, eles precisam trocar (compra / Demanda) reais por essas moedas. Em resumo, quanto mais operações de compra ocorrerem, há uma maior pressão para aumentar o valor da taxa de câmbio (o preço do dólar sobe), e quanto mais operações de venda ocorrerem, há uma maior pressão para reduzir o valor da taxa de câmbio (o preço do dólar cai).

369 operações de compra e venda de dólar ocorreram em apenas 60 segundos, às 15h33min de 27/10/2022

operações de compra e venda de dólar em 60 segundos

Fonte: Refinitiv. Elaboração: StoneX.

Exemplos de operações de oferta e demanda de câmbio.

O exemplo mais tradicional de compra e venda de divisas é a exportação e a importação de mercadorias. Vejamos exemplos simplificados, começando pela exportação.

Um empresário exporta uma mercadoria nacional e recebe um pagamento do comprador estrangeiro no valor de US$ 100 milhões. Este empresário, então, contata o seu banco para VENDER / OFERTAR os dólares em troca de reais, e este se dispõe a comprar os dólares a uma taxa (preço) de R$5,00 por dólar. Ambos aceitam os termos combinados e o empresário vai receber R$ 500 milhões na venda de seus US$ 100 milhões. Nesta operação, os dólares entraram no Brasil.

Imaginemos, agora, uma importação hipotética.

Um empresário precisa adquirir uma mercadoria do exterior que custa US$ 100 milhões. Ele já combinou com o vendedor estrangeiro todas as condições comerciais a respeito da operação, e, agora, precisa pagá-la. Este empresário, então, contata o seu banco para COMPRAR / DEMANDAR dólares em troca de reais, e este se dispõe a vender os dólares a uma taxa (preço) de R$5,00 por dólar. Ambos aceitam os termos combinados e o empresário vai pagar R$ 500 milhões na compra de seus US$ 100 milhões. Nesta operação, os dólares saíram no Brasil.

Ou seja, de uma maneira geral, são as entradas e saídas de moeda estrangeira que ajudam a explicar por que a taxa de câmbio aumenta ou diminui, e as operações de compra e de venda explicam a entrada e a saída dessa moeda.

Exemplos de operações de VENDA / OFERTA de dólares, que resultam na sua entrada no país:

  • Exportações de mercadorias;
  • Estrangeiro pagar uma dívida com instituição brasileira;
  • Estrangeiro investir produtivamente no Brasil;
  • Estrangeiro aplicar em ativos do nosso mercado financeiro;
  • Estrangeiro visitar o Brasil (turismo);
  • Filial brasileira no exterior remeter lucros para o Brasil;
  • Investidor brasileiro no exterior transferir lucros ou juros para o Brasil;
  • Brasileiro fazer um empréstimo no exterior.

 

Exemplos de operações de COMPRA / DEMANDA de dólares, que resultam na sua saída do país:

  • Importações de mercadorias;
  • Brasileiro pagar uma dívida com instituição estrangeira;
  • Brasileiro investir produtivamente no exterior;
  • Brasileiro aplicar em ativos do mercado financeiro estrangeiro;
  • Brasileiro visitar o exterior (turismo);
  • Filial estrangeiro no Brasil remeter lucros para o exterior;
  • Investidor estrangeiro no Brasil transferir lucros ou juros para o exterior;
  • Estrangeiro fazer um empréstimo no Brasil.

Leonel Oliveira Mattos

Analista de Câmbio da Equipe de Inteligência de Mercado da StoneX. Formado em Ciências Econômicas pela Unicamp, Leonel é mestre em Desenvolvimento Econômico pela mesma instituição.
Este texto teve a colaboração de Isabela Garcia

Este artigo é um exemplo dos conteúdos disponíveis para assinantes no Portal de Relatórios.

Conheça a plataforma!

Conheça os planos

A cobertura mais completa do Brasil em Inteligência de Mercado para commodities + plataforma exclusiva!

Inteligência de Mercado da StoneX oferece assinaturas de relatórios periódicos para acompanhamento dos mercados de commodities agrícolas e energéticas no Brasil e no mundo. 

Cadastre-se gratuitamente!

Receba o nosso resumo semanal com os destaques dos mercados agrícolas e energéticos.

Ao enviar este formulário, você estará enviando à StoneX Group Inc. e suas subsidiárias suas informações pessoais para uso em marketing. Veja nossa Política de Privacidade para saber mais.